APP para pagar multas de trânsito com 40% de desconto começa a funcionar em 15 dias em PE

sne


Em 15 dias, os motoristas pernambucanos poderão utilizar o novo Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), um aplicativo para smartphones que dará desconto de até 40% em multas de trânsito, regulamentado pelo Contran em setembro. Pelo menos essa é a promessa do presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro. O SNE atende a Lei 13.281/2016 (a mesma que alterou o Código de Trânsito Brasileiro e reajustou em até 60% o valor das multas) e foi criado para facilitar a comunicação entre os órgãos autuadores e os motoristas para o pagamento das multas até o vencimento com direito a desconto no caso de reconhecimento da infração cometida, sem a necessidade de apresentar defesa prévia ou recurso.

Fotos: Paulo Maciel/Detran-PEEstamos apenas realizando ajustes para aderir. Mas o Detran-PE já está na base de dados do Denatran e técnicos do Serpro, responsável pela criação do sistema, já estão em contato conosco

Charles Ribeiro, presidente do Detran-PE

Atualmente, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), apenas os órgãos nacionais de trânsito – a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) aderiram ao SNE. Dos 27 Detrans, apenas o de Santa Catarina fez o mesmo. “Estamos apenas realizando ajustes para aderir. Mas o Detran-PE já está na base de dados do Denatran e técnicos do Serpro, responsável pela criação do sistema, já estão em contato conosco,

sne2

disse Charles Ribeiro. O presidente do Detran-PE ressaltou, entretanto, que é importante que os órgãos de trânsito municipais também façam a adesão.

Além de trazer mais comodidade e interatividade na gestão do pagamento de multas, o SNE promete traçar um perfil dos condutores e identificar aqueles infratores contumazes para que sejam enviadas mensagens educativas. Outra vantagem do sistema é a promessa de reduzir custos com a impressão de papel, já que não haverá necessidade do envio das notificações para as residências.

Estão aptos a aderir ao sistema mais de 1.600 órgãos atuadores em todo o Brasil, todos integrados ao Registro Nacional de Infrações de Transito (Renainf): Os 27 Detrans Estaduais e Distrito Federal, órgãos municipais, PRF e Dnit. Estes órgãos geram um montante de 16 milhões de multas por ano


 informações JCOnline

Deixe uma resposta