TRE inocenta a prefeita de Capoeiras Neide Reino da acusação de compra de voto

Em decisão proferida nesta segunda-feira, 04/12/2017, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral – TRE por unanimidade inocentou a prefeita de Capoeiras Neide Reino (PSB) e o vice-prefeito Julio Valença – Juju (PSB) da acusação de abuso de poder econômico (compra de votos) na eleição vencida pelos dois em 2016.
Os sete Desembargadores do Pleno do Tribunal consideraram insuficientes as provas apresentadas pela acusação; inocentando a prefeita da acusação.
O Relator do Processo Desembargador Vladimir Souza Carvalho, questiona por que só 25 dias depois do ocorrido 06 (seis) pessoas vão de Capoeieras prestarem queixa em Garanhuns. No seu voto ele afirma:
.. por não vislumbrar qualquer fato que possa ser tocado por qualquer ranço de verdade, afinal para derrubar no tapete judiciário a vitoria numa eleição é necessário prova robusta, segura, contundente, convincente, sem brecha alguma e, essa que foi produzida com a ouvida das testemunhas não merece de minha parte a menor fé por não ter base segura nas queixas prestadas a autoridade policial; por esse entender estou negando provimento ao recurso..
O voto foi seguido na integra pelos demais Desembargadores.
O competente jornalista Roberto Almeida numa postagem no seu blog afirma que o candidato do DEM, derrotado pela prefeita na eleição de 2016, anunciou que não irá recorrer da decisão; o jornalista afirma ainda que só resta aos adversários da prefeita Neide Reino se prepararem para disputar a prefeitura de Capoeiras na eleição de 2020.
Partidários da prefeita Neide Reino e do vice-prefeito Julio Valença comemoraram a sentença obtida no TRE soltando fogos e compartilhando nas redes sociais a importante decisão judicial obtida.
Com Informações: Blog Roberto Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *